Tratamentos

Implantodontia | reposição de dentes perdidos

"A Dra. Elisângela está sempre antenada com as novidades do mundo odontológico e usa o que há de melhor. Já realizamos implantes corajosos, que não seriam possíveis por outros profissionais, que não se dispuseram a tais desafios."
Continue lendo ...

Maria de Lourdes Belthmann

Implantodontia

Implantodontia é o ramo da odontologia que restaura os dentes ausentes através da implantação de próteses. No processo, implanta-se cirurgicamente uma peça (parafuso) de titânio no interior do tecido ósseo na área onde ficava a raiz do dente ausente. O titânio tem a propriedade única da osseointegração, ou seja, de incorporar-se ao osso.

Uma vez colocados, os implantes permitem ao dentista montar dentes substitutos (próteses) sobre eles. A aplicação da implantodontia é indicada tanto para repor a perda de um único dente ou, até mesmo, todos os dentes da arcada.

 

Carga Imediata
Técnica que visa a colocação do implante (parafuso de titânio) e da prótese (parte visível do dente que fica para fora da gengiva) sem um tempo de espera entre uma etapa e outra.

 

Cirurgia Guiada
Técnica de instalação de implantes na qual o planejamento é feito em um computador e transferido para a boca do paciente através de guias cirúrgicos reproduzidos com os dados obtidos na tomografia computadorizada. A tomografia é o exame que atualmente apresenta o menor índice de distorção, viabilizando desta forma uma cirurgia sem cortes.

 

Procedimentos Regenerativos
Com a perda dos dentes, ocorre também uma reabsorção óssea devido a falta de estímulo. Em alguns pacientes essa atrofia é tão acentuada que inviabiliza a instalação de implante, sendo necessária a realização de procedimentos que induzem a uma neoformação óssea. Esta reconstrução óssea prévia pode ser realizada através de enxerto ósseo obtido do próprio paciente — enxertos autógenos — ou através da proteína morfogenética, uma proteína com um grande potencial para regeneração óssea pois promove uma indução celular estimulando as células da própria pessoa a produzir células ósseas.

 

Implantes Zigomáticos
Nesse procedimento os pinos de titânio são ancorados e fixados ao osso zigomático na arcada superior. É indicado para os casos de perda óssea severa, quando os procedimentos de enxertia óssea apresentam limitações para serem realizados

Osso Zigomatico
Divisória